Os 5 princípios de Design da DogHero

DogHero é uma startup que vive um momento de expansão exponencial. Portanto, para garantir um crescimento constante e saudável, dividimos iniciativas que geram impacto imediato com outras mais estruturantes. Neste caso, claramente estamos falando de uma iniciativa do segundo tipo.

Pensamos em estabelecer os princípios de Design da DogHero para definir uma linha guia de atuação, de ética e de nossa responsabilidade com nós mesmos, com a empresa e também com nossos clientes.

Somos influenciados e influenciamos a cultura da empresa com nosso trabalho, mas sentimos a necessidade de definir os limites de nossa atuação. Em última análise, esses limites servem ainda como validação ou contestação de um trabalho em desenvolvimento. Eles auxiliam na comunicação entre os times e reforçam nosso posicionamento na empresa.

Devemos seguir pelo caminho A ou B? Vamos ouvir nossos princípios e seremos respondidos!

Foto de magnezis magnestic no Unsplash

Para definir nossos princípios, o time de Design realizou dois encontros de brainstorming e um terceiro apenas para convergência das informações.

No primeiro encontro, o foco foi levantar as características da cultura da DogHero explorando os principais pontos de relação com nossa maneira de trabalhar. Trouxemos como foco os valores do deck de cultura da empresa. Quais são as características mais aparentes e recorrentes em nosso dia a dia, quais são os nossos pontos fortes e fracos? O quê de fato nos representa?

No segundo, olhamos para características esperadas em um time de Design e boas práticas do mercado. Fizemos um benchmarking extenso, olhando desde os 10 princípios de Dieter Ram, até princípios de Design de outras empresas como NubankGoogle e Facebook.

Por fim, no encontro de convergência, a ideia foi fazer um matching das duas primeiras etapas. Decidimos também que teríamos poucos princípios e que deveriam ser simples o suficiente para que pudéssemos lembrar deles, além de vivenciá-los sem precisar consultá-los. Eles deveriam representar nossa equipe com fidelidade e ser escaláveis à medida em que o time cresce.

Também achamos importante nomear os princípios como verbos. Assim, mais que termos abstratos, temos em cada um o sentimento de ação e iniciativa.

Sendo assim, chegamos aos 5 princípios de Design da DogHero, que agora compartilhamos com vocês. Abaixo o título, o texto e um descritivo rápido sobre o porquê de cada princípio ser tão importante para nós.


1. Representar

Nosso papel é representar, dentro da DogHero, as pessoas que usam nossa plataforma. Para isso, devemos estar sempre próximos a elas, entendendo profundamente seus problemas, necessidades e comportamentos. Toda iniciativa de Design deve partir desse olhar, priorizando uma experiência melhor para as pessoas.

Lorena Costa, cliente e anfitriã da DogHero | Foto de Simone Bertuzzi

Esse olhar a partir das pessoas é real na DogHero. Temos convicção de que toda iniciativa deve partir disso e nos posicionamos internamente como “representantes oficiais” dessas pessoas, seja em reuniões formais, seja em discussões livres sobre caminhos a seguir. Consideramos tanto o ponto de vista do cliente final quanto dos prestadores de serviço.

2. Explorar

Devemos sempre explorar o problema a fundo. Acreditamos que, a partir do entendimento completo do problema, conseguimos propor soluções reais e efetivas. Portanto, não devemos nos contentar com a primeira solução que encontramos nem iniciar um trabalho sem antes compreender sua necessidade.

Dinâmica de Brainstorming na DogHero

Além de ser o segundo princípio, é também a primeira etapa de nosso processo de Design. É o mergulho que fazemos no problema, entendendo que problemas complexos, normalmente, apresentam soluções simples e erradas. Estamos sempre muito mais interessados em expandir a compreensão sobre um problema nas etapas iniciais do que iniciar uma busca apressada por soluções.

3. Simplificar

Nossas soluções devem ser simples e acessíveis a todos, independente da capacidade ou atuação das pessoas que usam nossa plataforma. Simplicidade também significa propormos soluções menos complexas, que possam trazer respostas mais rápidas com um esforço menor e impactar a experiência das pessoas o quanto antes.

Atomic Design na DogHero

Levamos a simplicidade a sério, especialmente na execução e entrega de nossos trabalhos. Não temos tempo a perder com complexidades e também não pretendemos ocupar o tempo de outras pessoas com isso. Parte deste processo de simplificação está na construção e uso de nosso Design System, o Slinky. Com ele economizamos muito tempo em prototipação e desenvolvimento.

4. Aprender

Estamos em um modo de constante aprendizado, e fazemos disso uma rotina de crescimento e autoconhecimento. Tanto o indivíduo quanto o time se beneficiam deste princípio, pois, quanto mais repertório trazemos para o trabalho, maior a variedade de alternativas para resolvermos um problema.

Foto de Jamie Street no Unsplash

Estamos sempre lendo artigos, livros, ouvindo podcasts, consumindo webinars e vídeos, frequentando cursos e eventos, sejam diretamente relacionados ao mercado de Design, sejam de outras áreas de conhecimento. Transformamos, ainda, esses aprendizados em ações práticas para a solução de problemas diversos da DogHero.

5. Compartilhar

Acreditamos que a troca de experiências é muito importante para nosso crescimento assim como para o amadurecimento da comunidade de Design e Produto. Além disso, pelo compartilhamento amplificamos o valor do Design dentro da empresa, de modo a se tornar parte integrante da estratégia da DogHero.

DH Talks interno sobre Product Design

Esse ponto reforça o princípio anterior, não só na medida em que conseguimos amplificar nosso aprendizado, mas também em que aprendemos ainda mais com o processo de compartilhar. Não por acaso, estamos trabalhando para divulgar as iniciativas de Design em nosso Medium e iniciaremos a produção de Meet Ups abertos ao público em breve.


Próximos passos

Vale ainda destacar que à medida em que o time cresce, não apenas consolidamos nossos princípios, mas também colocamos em cheque sua aplicabilidade. Assim, é normal e até esperado que os princípios mudem e que este documento evolua ao longo do tempo.

Foto de Andrii Podilnyk no Unsplash

Agradeço pela leitura!

E aí, gostou do texto? Adoraríamos saber sua opinião sobre o que foi escrito por aqui. Deixe seu comentário e siga a DogHero para acompanhar as próximas publicações! 🐶

Gostaria de trabalhar com a gente? Confira nossas vagas abertas.

Leave a Comment.